Fazer sexo regularmente adia a menopausa, comprova estudo | Manual da Mulher
Home / Dicas / Fazer sexo regularmente adia a menopausa, comprova estudo

Fazer sexo regularmente adia a menopausa, comprova estudo

Segundo pesquisadores da Universidade College London, quando uma mulher não faz sexo, o corpo e ‘decide’ parar de investir energia na ovulação

Fazer sexo toda semana reduz em 28% o risco de menopausa precoce. É o que diz um estudo publicado na quarta-feira, 15, no periódico científico Royal Society Open Science. De acordo com pesquisadores da renomada Universidade College London, na Inglaterra, quando uma mulher não faz sexo, o corpo entende que não há chance de gravidez e “decide” parar de investir energia na ovulação. Em vez disso, seus corpos podem investir energia em outra coisa, como cuidar de netos.

A teoria é conhecida como ‘hipótese da avó’. Segundo ela, a menopausa evoluiu para que as avós pudessem ajudar seus filhos a terem mais filhos, cuidando dos netos existentes. A função imunológica da mulher é prejudicada durante a ovulação, tornando o corpo mais suscetível a doenças. Portanto, se uma gravidez é improvável por falta de atividade sexual, o corpo desviaria seu foco de um processo dispendioso para ajudar os parentes existentes.

O estudo

Para chegar a essa conclusão, os pesquisadores usaram dados coletados de 2.936 mulheres que participaram de um estudo nacional dos Estados Unidos sobre a saúde da mulher.  As participantes tinham, em média, 45 anos no início do estudo em 1996. Elas  foram questionadas com que frequência haviam praticado sexo nos últimos seis meses. Eles também responderam sobre prática de sexo oral, contato sexual ou auto-estimulação no mesmo período. Depois de dez anos, elas responderam as mesmas perguntas novamente.

O padrão mais frequente de atividade sexual era semanal (64%). No início do estudo, nenhuma das participantes já havia entrado na menopausa. Mas 46% estavam começando a sentir sintomas – fase conhecida como peri-menopausa e 54% estavam na pré-menopausa, o que significa que ainda não apresentavam sintomas e menstruavam.

Durante o período de 10 anos de estudo, 45% das mulheres tiveram menopausa natural com idade média de 52 anos. Aquelas que praticavam alguma atividade sexual toda semana – incluindo relações sexuais completas, sexo oral, toques e carícias ou auto-estimulação – tinham uma probabilidade 28% menor de entrar na menopausa antes dos 51 anos de idade do que as que fizeram sexo menos que uma vez por mês. 

Já as mulheres que faziam sexo mensalmente eram 19% menos propensas a sofrer menopausa, em comparação com as que faziam sexo menos que uma vez por mês. “A menopausa é, obviamente, uma inevitabilidade para as mulheres, e não há intervenção comportamental que impeça a interrupção reprodutiva. No entanto, esses resultados são uma indicação inicial de que o momento da menopausa pode ser adaptável em resposta à probabilidade de engravidar.”, diz a professora Ruth Mace, coautora do estudo.

Menstruação e menopausa

A menopausa é quando uma mulher deixa de menstruar e não consegue mais engravidar naturalmente. O processo é uma parte natural do envelhecimento e geralmente ocorre entre 45 e 55 anos de idade. De acordo com o NHS, serviço de saúde pública do Reino Unido, a idade média da menopausa é 51 anos.

About admin

Check Also

Os aplicativos de videoconferência mais hypados da quarentena

Reuniões de trabalho ou bate-papo com os amigos, as relações sociais ganharam uma forcinha da …